Estabelecida em setembro em imóvel que acumula meio milhão em dívidas tributárias com o município e a União, a Ocupação 8 de Março abriga 300 famílias, formadas em sua maioria por mulheres, idosos e crianças.

Nesta carta-relato, Analba Brazão. educadora e pesquisadora do SOS Corpo, narra um pouco da luta, da energia, sentimentos e caminhos construídos e vivenciados durante sua participação na II Marcha das Mulheres Indígenas, que aconteceu em Brasília, entre os dias 07 e 11 de setembro deste ano. Leia em nosso site.

Nós, do SOS Corpo Instituto Feminista para a Democracia, manifestamos nosso total apoio às reivindicações do movimento e solidariedade às trabalhadoras e trabalhadores do MTST/PE, que não têm medo de lutar por melhores condições de vida, por moradia, por uma cidade com direitos para a coletividade e contra os privilégios para a classe dominante branca e proprietária. 

Somando no Programa de atividades deste 28 de setembro – Dia de Luta pela Legalização do Aborto, o SOS Corpo realizará uma oficina virtual de reflexão entre militantes de movimentos sociais sobre esta causa, no dia 30 de setembro, das 17h às 20h. Inscreva-se!

O primeiro levantamento sociodemográfico nacional de lésbicas e sapatão é uma iniciativa realizada pelas organizações Coturno de Vênus e Liga Brasileira de Lésbicas e pretende coletar informações sobre as vivências de mulheres de todas as regiões do país. 

Na pauta do Superior Tribunal Federal desde agosto, tese que beneficia o agronegócio tem julgamento adiado mais uma vez e gera apreensão sobre direitos indígenas. (Foto: Cícero Bezerra)

💥 Faísca [Ep2]💥O tempo, o custo e a política do cuidado. Conversamos sobre os mundos do trabalho, a política do cuidado, seu custo, além de importância da organização da luta e da figura histórica que foi a nossa companheira, Lenira Maria de Carvalho.

Trabalho elaborado por pesquisadoras do SOS Corpo reúne uma gama de dados divulgados no último ano para analisar o contexto do aprofundamento da epidemia da violência contra as mulheres no Brasil, diante de um cenário de crises provocadas pela pandemia e pelo projeto político bolsonarista. Baixe agora!

Começou nesta quinta-feira 12 de agosto e segue até o domingo, 15, o XII Congresso Nacional das Trabalhadoras Domésticas, que este ano tem como tema “Trabalhadoras Domésticas em Movimento-Luta e Resistência em Contexto de Pandemia e Trabalho Escravo”.

%d blogueiros gostam disto: