O Encontro de Candidatas Feministas e Antirracistas de Pernambuco foi uma realização da Rede de Mulheres Negras de Pernambuco, SOS Corpo Instituto Feminista Para Democracia, Fórum de Mulheres de Pernambuco, Meu Voto Será Feminista, Eu Voto Em Negra e Marco Zero Conteúdo com apoio da Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político.

Em seu novo artigo para a Marco Zero Conteúdo, Carmen Silva aborda as expectativas para o 7 de setembro. Se a data historicamente é o “dia de demonstração de poder das Forças Armadas” também é um dia de contraponto político mobilizado pelos movimentos sociais no Grito dos Excluídos.

Entre os dias 31 de agosto a 03 de setembro, o SOS Corpo Instituto Feminista para a Democracia realiza a segunda edição do Curso Nacional Espiral Feminista, que vai debater o contexto de emergência democrática no Brasil e na América Latina.

Estão abertas as inscrições para o curso Fontes e Veredas – A vida de todo dia e os caminhos para a emancipação. Ministrado por Betânia Ávila, o curso acontecerá nos dias 8 e 9 de setembro, das 18h às 21h de maneira presencial. Saiba mais!

Carmen Silva, do SOS Corpo, relata a dificuldade de tomada de decisão sobre o voto para governador(a) e senador(a) de Pernambuco que chega a ela de vários coletivos que lutam por direitos e pessoas conscientes e preocupadas com os rumos da eleição.

Em seu terceiro artigo de análise sobre as eleições 2022 para a Marco Zero Conteúdo, Carmen Silva parte do reconhecimento da sub-representação de setores populares, mulheres, pessoas negras, povos indígenas, deficientes, jovens e todas as pessoas que vivem em condições desiguais, para puxar o debate para o outro polo: a questão programática.

Publicação autobiográfica “A luta que me fez crescer e outras reflexões” e o documentário “Digo às companheiras que aqui estão” serão lançados no próximo dia 6/8, no Teatro do Parque, no Recife.

No segundo artigo de Carmen Silva* para a Marco Zero Conteúdo, a educadora do SOS Corpo traça um panorama do isolamento político de Bolsonaro com a reação dos movimentos sociais, presidência do Senado, tribunais superiores, associações profissionais da PF e da ABIN; e até de setores das Forças Armadas e do empresariado às ameaças golpistas do atual presidente. Contudo, o quadro ainda é de insegurança democrática e em sua análise a socióloga não descarta manobras no Congresso para adiar as eleições, embora reconheça que não há no momento sustentação política para esse movimento.

Entre os dias 28 a 31 de julho, mulheres amazônidas das florestas, campos e cidades dos nove países da região se encontram no Pará para a 10ª edição do Fórum Social Pan-Amazônico. Confira a programação!

Em um ano eleitoral decisivo para a democracia brasileira, a Marco Zero Conteúdo está com colunistas fixas que vão contribuir para as análises do cenário eleitoral local e nacional e os impactos para a vida das mulheres. Leia o artigo de Carmen Silva, do SOS Corpo.