A Frente nacional Pela Legalização do Aborto vem a público denuncia o Decreto 10.531/2020, que estabelece os direitos do nascituro como base das políticas públicas do governo para os próximos 30 anos. Assista ao vídeo e leia a nota na íntegra.

Como mulheres não indígenas e feministas antirracistas e anticapitalistas, unimos nossas vozes aos gritos das mulheres indígenas da Amazônia Brasileira.

Este dossiê foi realizado a partir de um acúmulo de escuta das mulheres indígenas, participantes do Fórum Social Panamazônico e do diálogo com a liderança indígena Telma Taurepang, Coordenadora Geral da União das Mulheres Indígenas da Amazônia Brasileira (UMIAB).

Na próxima segunda (23/11) às 16h, organizações lançam Manifesto Coletivo Pela Vida e Pelos Direitos das Pescadoras Artesanais. A Denúncia Ao Vivo marca 13 meses de inoperância e de desrespeito à vida e aos direitos das mulheres da pesca artesanal.

Essa eleição significou um divisor de águas, um marco histórico uma retomada dos espaços de poder ._ Neste segundo episódio de 15 minutos conversamos com Dani Portela, Carmem Silva e Silvia Camurça que trouxeram suas análises feministas sobre os resultados!

No Fórum Social Panamazônico, espaço ético-político denunciou graves violações aos territórios e corpos indígenas na região — em especial das mulheres. Em discussão, os ataques cometidos pelos governos do Brasil, Colômbia e Peru.

No último episódio da cobertura especial do Programa Fora da Curva Especial Projeto Adalgisas, que foi ao ar na segunda-feira (9), Maria Betânia Ávila, foi uma das convidadas para o debate do programa, que queria saber: Qual a cidade que as mulheres querem?

O Caso Mariana Ferrer reitera como o estupro é naturalizado pela sociedade brasileira e cada dia mais chancelado pelas instituições públicas. Para fazer frente ao avanço conservador, o movimento feminista, mais uma vez, denuncia a violência e a discriminação contra todas as mulheres. Não vão nos calar.

Em 2020, emergem as negras e as mandatas coletivas. Num país em que poder do patriarcado é mais opressor na política, elas enfrentam preconceito, violência e hierarquias para sustentar pautas do feminismo e do Comum

Uma coisa é certa: o próximo prefeito ou prefeita do Recife vai ser o responsável por gerir uma grande crise na saúde. Além dos problemas causados pela pandemia da Covid-19, há consultas, cirurgias e exames que foram adiados e as consequências disso. A saúde da mulher nesse cenário foi o tema do programa Fora da Curva, das rádios Universitária FM e Paulo Freire AM, em parceria com o projeto Adalgisas, SOS Corpo Instituto Feminista para a Democracia e Centro das Mulheres do Cabo.