Maioria do eleitorado, elas são mais impactadas pela tragédia alimentar e podem exigir política mais próxima do cotidiano. Indecisão é maior, porém menos inclinada ao bolsonarismo. Em outubro, serão decisivas no resgate da democracia. Por Juliana Romão, para o SOS Corpo.

No Programa Fora da Curva que foi ao ar no dia 04 de março, debate foi centrado na luta feminista e a luta das mulheres diante de tantos desafios que os movimentos tem enfrentado para garantir direitos e resistir às mazelas que vieram com a pandemia e o pandemônio do governo Bolsonaro.

Neste 8 de Março de 2022, mulheres de todo o Brasil e diferentes parte do mundo foram às ruas para marcar o Dia de Luta Feminista! Depois de um ano sem ir às ruas, no Recife foram quase 10 mil mulheres que se manifestaram com muito artivismo, diálogo e resistência.

1

Neste 8 de março de 2022, Dia Internacional de Luta das Mulheres, expressão da organização e luta feminista ao longo da história, nós do SOS Corpo Instituto Feminista para a Democracia, nos manifestamos em defesa da ação política feminista para enfrentar o patriarcado racista capitalista, sistemas sangrentos que nos violam, nos matam e precarizam as vidas de nós mulheres! 

Pela vida das mulheres do campo da cidade da floresta e das águas. Bolsonaro nunca mais. Por um Brasil sem machismo, sem racismo, sem LGBTfobia e sem fome. Basta de abusos! #PelaVidaDasMulheres #8M #8deMarço #AMBNo8deMarço #BolsonaroNuncaMais #ForaBolsonaroeMourao #Democracia

Considerada a terceira melhor lei mundial de combate à violência doméstica, a Lei Maria da Penha criou um fato social e salvou vidas, mas, está sendo desmontada, segundo feministas, gestoras públicas e especialistas na lei

💥 Faísca [Ep2]💥O tempo, o custo e a política do cuidado. Conversamos sobre os mundos do trabalho, a política do cuidado, seu custo, além de importância da organização da luta e da figura histórica que foi a nossa companheira, Lenira Maria de Carvalho.

%d blogueiros gostam disto: