1

Há mais de 70 dias do crime socioambiental que atingiu todos os estados do Nordeste brasileiro, pescadoras e marisqueiras vivem em situação de emergência e de calamidade pública. Enquanto isso, no jogo de apontar culpados entre os governos federal e estadual, se reafirmam as dimensões do racismo ambiental, institucional e patriarcal da política brasileira.

Instagram did not return a 200.