Em entrevista ao Programa Entre da Rádio Frei Caneca, o jornalista Chico Ludermir, Carmen Silva, socióloga, feminista antissistêmica popular, que integra o coletivo político-profissional do SOS Corpo, conversou sobre os impactos da pandemia para o Brasil.

No episódio #21 do Podcast Coronavírus em Xeque, o Programa Fora da Curva trouxe para a discussão o tema: Violência sexual e a culpabilização da vítima. Até quando? O programa conta com participações de Zahira Mous, Carmen Silva, Débora Aranha, Robeyoncé Lima, o médico Olímpio Moraes, Rayane Lins e Bárbara Pereira.

Integrante da rede que protegeu a garota capixaba conta: movimento feminista e médico corajoso foram cruciais para garantir o direito à interrupção da gravidez. Mas para avançar, é preciso batalha cultural contra o fundamentalismo. Escute Silvia Camurça em entrevista a Gabriela Leite, no Tibungo

Há 2 meses as mulheres negras estão em isolamento social, e são as que mais sofrem nesta pandemia. Dados oficiais revelam que os casos de violência contra a mulher dobraram neste período. Saiba mais no podcast Especial Mulheres Negras e Covid-19

Personagem do Cirandeiras Podcast publicado no último 13 de maio, Lenira Carvalho foi uma das fundadoras do sindicato das trabalhadoras domésticas do Recife. No episódio, que teve a participação de Maria Betânia Ávila, Lenira conta sua história e aponta o que espera para o futuro.

Na 10ª Edição da Rádio ZAP, programa da Articulação de Mulheres Brasileiras, o movimento conversou com três militantes feministas sobre a campanha #NãoAosConteiners e sobre como a luta pela liberdade e pelo desencarceramento deve, cada vez mais, ser também uma luta do feminismo antissitêmico.

Mulheres acumulam tarefas pelo cuidado da família e da casa — e ficam mais expostas à violência doméstica. Crise sanitária é ainda pior para negras e pobres. Movimento feminista, em ascensão, pode cumprir papel importante.

De acordo com o Atlas da Violência divulgado em 2019, entre 2007 e 2017 houve um aumento de 30,7% dos casos de feminicídio. Este ano, o Estado de Pernambuco já registrou 34 mil casos de violência doméstica. Na semana do 25 de Novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, o Fora da Curva perguntou Por que ainda é preciso lutar pelo fim da violência contra as mulheres?