O machismo, enquanto cultura, e a misoginia, como conjunto de práticas que a sustentam, ocupam lugares privilegiados atualmente no Brasil. Mais que naturalizado, o pensamento supremacista masculino de extrema-direita passou a ser institucionalizado, presente em forma e conteúdo pela estupidez e brutalidade de cada posicionamento presidencial.

Artigo de Carla Batista apresenta o Liberta Elas, coletivo formado por psicólogas, advogadas, sociólogas e comunicadoras que têm como propósito levar atenção, cuidado e troca para dentro dos presídios femininos na Região Metropolitana do Recife.

Após a sessão de tortura em um de seus supermercados, a Ricoy escreveu uma nota. Vejam bem: os fios elétricos, transformados em chicote, foram empunhados por outras mãos — mãos terceirizadas, vale destacar

Instagram did not return a 200.