Começou nesta quinta-feira 12 de agosto e segue até o domingo, 15, o XII Congresso Nacional das Trabalhadoras Domésticas, que este ano tem como tema “Trabalhadoras Domésticas em Movimento-Luta e Resistência em Contexto de Pandemia e Trabalho Escravo”.

Estão abertas até dia 20 de agosto as inscrições para o curso Fontes e Veredas, atividade que integra o Plano de Formação Anual do SOS Corpo em 2021. Com o tema Inquietações Feministas sobre Corpo e Sujeito, o curso será realizado nos dias 25 e 26 deste mês em plataforma online e será ministrado por Betânia Ávila, Verônica Ferreira e Fran Ribeiro. Saiba como se inscrever!

Uma tristeza profunda se abateu sobre nós. Numa noite chuvosa e fria de um Recife quente, os bons ventos de agosto levaram nossa companheira Lenira de Carvalho. Ela se encantou, virou estrela, nos restando guardar a memória de seu brilho, que ficará como rastro no redemoinho do tempo da história deste país. Lenira Maria de Carvalho, PRESENTE, HOJE E SEMPRE!

A reforma eleitoral ampla, que tem sido discutida no Congresso Nacional, e que deve ser votada nas próximas semanas, apresentam ameaças para a nossa democracia. Saiba mais nesta segunda (02), às 19h, no debate que acontece no canal da Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político no youtube.

Nós, da Articulação de Mulheres Brasileiras, viemos nos somar às mulheres negras do Brasil, da América Latina e do Caribe para afirmarmos nossa luta feminista antirracista, antipatriarcal e anticapitalista! Confira o manifesto!

A luta de Tereza de Benguela e de tantas outras mulheres negras ao longo dos anos segue em cada uma nós, independe da cor de nossa pele, segue em todos os corpos e rostos de das mulheres negras que hoje lutam em defesa do bem-viver.

Na medida em que as investigações da CPI avançam, que a popularidade de Bolsonaro despenca e a pressão das ruas aumenta, uma pergunta fica no ar: “Quais as chances de um impeachment?”

Nós, da Articulação de Mulheres Brasileiras, viemos nos somar às mulheres negras do Brasil e da América Latina e do Caribe para afirmarmos nossa luta feminista antirracista, antipatriarcal e anticapitalista. Veja no post a programação da #AMBnoJulhodasPretas!