Com as presenças confirmadas da presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos da Bahia, Creuza Oliveira, e da pesquisadora do SOS Corpo, Maria Betânia Ávila, o primeiro dia de Diálogos discutirá questões em torno da organização das trabalhadoras domésticas e sobre as dinâmicas que conformam o trabalho doméstico no Brasil

Em um momento tão difícil para a frágil democracia brasileira, enfrentar a sub representação das mulheres, das pessoas negras, jovens, LGBTQI e da classe trabalhadora segue sendo um grande desafio. Leia o artigo de Carmen Silva, do SOS Corpo, para o projeto Adalgisas, da Marco Zero Conteúdo.

Instagram did not return a 200.