Estão abertas as inscrições para o curso Fontes e Veredas – A vida de todo dia e os caminhos para a emancipação. Ministrado por Betânia Ávila, o curso acontecerá nos dias 8 e 9 de setembro, das 18h às 21h de maneira presencial. Saiba mais!

Carmen Silva, do SOS Corpo, relata a dificuldade de tomada de decisão sobre o voto para governador(a) e senador(a) de Pernambuco que chega a ela de vários coletivos que lutam por direitos e pessoas conscientes e preocupadas com os rumos da eleição.

Em seu terceiro artigo de análise sobre as eleições 2022 para a Marco Zero Conteúdo, Carmen Silva parte do reconhecimento da sub-representação de setores populares, mulheres, pessoas negras, povos indígenas, deficientes, jovens e todas as pessoas que vivem em condições desiguais, para puxar o debate para o outro polo: a questão programática.

No Programa Fora da Curva desta sexta-feira, 5 de agosto, Carmen Silva, educadora do SOS Corpo, é uma das convidadas para o debate sobre as ameaças que rondam a democracia às vésperas da eleição deste ano. 

Audiência na Câmara Municipal de Recife tem o objetivo de debater sobre a política de assistência social e evidenciar o diagnóstico sobre a situação dos serviços dos centros referenciados e das redes de assistência na cidade.

Publicação autobiográfica “A luta que me fez crescer e outras reflexões” e o documentário “Digo às companheiras que aqui estão” serão lançados no próximo dia 6/8, no Teatro do Parque, no Recife.

No segundo artigo de Carmen Silva* para a Marco Zero Conteúdo, a educadora do SOS Corpo traça um panorama do isolamento político de Bolsonaro com a reação dos movimentos sociais, presidência do Senado, tribunais superiores, associações profissionais da PF e da ABIN; e até de setores das Forças Armadas e do empresariado às ameaças golpistas do atual presidente. Contudo, o quadro ainda é de insegurança democrática e em sua análise a socióloga não descarta manobras no Congresso para adiar as eleições, embora reconheça que não há no momento sustentação política para esse movimento.

Entre os dias 28 a 31 de julho, mulheres amazônidas das florestas, campos e cidades dos nove países da região se encontram no Pará para a 10ª edição do Fórum Social Pan-Amazônico. Confira a programação!

O coco de roda ecoava no último 30 de junho no Quilombo Casa das Pretas – Terreiro Egbé Ọmọ L’omi, quando um estrondo de grande porte interrompeu o ensaio do grupo Abre Caminho. Era uma bomba, que foi jogada dentro da Casa. O ataque ao espaço sagrado não é o primeiro que acontece nos cinco anos de funcionamento da Casa e neste sábado (16) os coletivos organizadores farão ato político-cultural para enaltecer a cultura de matriz africana.

“A Democracia que Queremos”: esse é o lema da campanha lançada em julho de 2022 pela Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político. O objetivo é discutir o modelo de democracia desejado para o Brasil, a partir da crítica ao atual sistema político.