Posts publicados na seção " Destaques "


  • O que está em jogo com a “PL das Fake News”?

    O que está em jogo com a “PL das Fake News”?

    Entre idas e vindas, o atual projeto que visa combater a desinformação, as chamadas fake news, deve ser votada nas próximas semanas na Câmara de Deputados em Brasília. Mesmo com as mudanças no texto original, fruto de muita pressão de organizações da sociedade civil que lutam por direitos nas redes, o projeto ainda apresenta riscos. Entenda o que está em jogo em mais um episódio do A Casa É Sua.


  • O vírus da desigualdade e o mundo que necessitamos construir

    O vírus da desigualdade e o mundo que necessitamos construir

    Em pronunciamento, a Articulação Feminista Marcosur se posiciona contra uma “nova normalidade” que mantenha as desigualdades sociais e privilégios de uma determinada classe e afirma: diante de uma crise civilizatória como a que está sendo provocada pelo Covid-19, precisamos de um projeto político que promova transformações capazes de gerar mudanças estruturais nas relações sociais e com natureza.
    Leia o pronunciamento completo da Articulación Feminista Marcosur.




  • Brasil: A pandemia e a virulência do sistema

    Brasil: A pandemia e a virulência do sistema

    Que mundo é esse que nos fez chegar nesse estado de coisas? Uma pandemia incontrolável e veloz avança sobre a vida humana, em escala global. O poder do vírus desafia a ciência, os Estados-nação, as entidades multilaterais. O assombro do mundo vem dos sucessivos anúncios, mesmo nos países do Norte, da incapacidade de salvar vidas e evitar o número de mortes diárias e as imagens terríveis que se espalham velozmente.





  • Antirracismo no Brasil: uma tarefa inadiável às pessoas brancas

    Antirracismo no Brasil: uma tarefa inadiável às pessoas brancas

    As recentes manifestações que eclodiram ao redor do mundo têm exposto o racismo, uma ferida colonial, um sistema complexo e perfeito para (re)produzir desigualdades sociais dentro de uma sociedade racista como a nossa. O que o momento nos coloca como desafio para seguir na luta por dias melhores, é a necessidade, mais que urgente, de colocarmos no centro de nossas vidas a luta antirracista.