“Braço armado do Estado: contra quem?”, documentário produzido pelo Fórum de Mulheres de Pernambuco, é mais um instrumento de denúncia da sociedade civil que exige apurações rigorosas pela repressão violenta da polícia militar no ato pelo Fora Bolsonaro em Recife. #ForaBolsonaroEMourão

São 15 meses de uma pandemia que tem potencializado a crise social e política provocada pela política de morte do Governo Bolsonaro. Leia no especial sobre a revolução solidária, as experiências de quem tem lutado para não deixar o povo sucumbir.

O Fórum de Mulheres de Pernambuco repudia a ação violenta da polícia militar do estado de Pernambuco contra a manifestação pacifica ocorrida neste sábado, 29 de maio. Não se tratou de espontaneísmo de policiais desequilibrados. O governo afirma que não autorizou essa ação violenta, então é preciso tomar medidas enérgicas.

Hoje, dia 31 de maio, como parte do evento Semana Internacional Menino Miguel: Justiça Pela Vida das Crianças Negras, será transmitida às 20h, live articulada pelo Fórum de Mulheres de Pernambuco.

As Redes de Solidariedade estão desde o início da pandemia travando uma batalha para fazer com que milhares de pessoas não sucumbam à fome e ao coronavírus. Leia a reportagem especial do SOS Corpo e conheça algumas destas iniciativas e como apoiá-las!

O Fórum de Mulheres de Pernambuco lançou nesta semana mais uma etapa de arrecadações para a manutenção da Rede de Solidariedade Feminista. Saiba mais como contribuir! #SolidariedadeéPráticaPolíticaFeminista

Hoje o SOS Corpo perde uma grande companheira. Josefa Severina da Conceição ficará para sempre em nossos corações e na memória do movimento feminista pernambucano. A sua atuação aguerrida, a sua crítica contundente, a sua solidariedade amorosa são fontes de aprendizados para nós.

No episódio #21 do Podcast Coronavírus em Xeque, o Programa Fora da Curva trouxe para a discussão o tema: Violência sexual e a culpabilização da vítima. Até quando? O programa conta com participações de Zahira Mous, Carmen Silva, Débora Aranha, Robeyoncé Lima, o médico Olímpio Moraes, Rayane Lins e Bárbara Pereira.

Integrante da rede que protegeu a garota capixaba conta: movimento feminista e médico corajoso foram cruciais para garantir o direito à interrupção da gravidez. Mas para avançar, é preciso batalha cultural contra o fundamentalismo. Escute Silvia Camurça em entrevista a Gabriela Leite, no Tibungo

FMPE tem, desde o início da pandemia, fortalecido uma extensa rede de mulheres, seus familiares e coletivos parceiros garantindo alimentos, insumos e informações seguras de prevenção ao Covid-19 através de ações de solidariedade. Clique e saiba como colaborar!