Começou nesta quinta-feira 12 de agosto e segue até o domingo, 15, o XII Congresso Nacional das Trabalhadoras Domésticas, que este ano tem como tema “Trabalhadoras Domésticas em Movimento-Luta e Resistência em Contexto de Pandemia e Trabalho Escravo”.

De 5 a 9 de julho, a Universidade Livre Feminista está com inscrições abertas para seu novo curso, voltado para militantes feministas de movimentos populares, especialmente para aquelas que tem menos contato com tecnologias digitais e têm dificuldades de acesso à internet.

Convidada pelo Movimento de Mulheres Camponesas para o lançamento da publicação que traz reflexões sobre o Feminismo Camponês Popular, Maria Betânia Ávila tece impressões sobre o livro, que é uma elaboração que se torna importante para a história do movimento feminista brasileiro.

1

A nova publicação do SOS Corpo é de autoria coletiva e contém impressas em suas páginas reflexões sobre os desafios de organização, atuação e articulação do movimento feminista brasileiro contemporâneo frente ao contexto histórico-político que temos vivido ao longo dos últimos anos. Baixe agora!

Publicação do SOS Corpo reúne artigos de autoras de diferentes organizações, coletivos e redes do movimento feminista, que apontam os desafios na luta por transformação da realidade das mulheres.

Até aparentes avanços têm origens machistas: garantia ao aborto em caso de estupro, nos anos 40, era para proteger moral da família. O viés machista da Justiça precisa ser enfrentado. Um manifesto pelo direito à vida das mulheres.

1

Nos dias 14, 21 e 28 de outubro, o SOS Corpo realiza debates, com transmissão pela internet, para discutir as contradições do trabalho doméstico, as conquistas e as lutas da organização das trabalhadoras domésticas no Brasil. Anota na agenda para não perder!

Hoje o SOS Corpo perde uma grande companheira. Josefa Severina da Conceição ficará para sempre em nossos corações e na memória do movimento feminista pernambucano. A sua atuação aguerrida, a sua crítica contundente, a sua solidariedade amorosa são fontes de aprendizados para nós.

Na próxima quarta-feira (02), as 18h, a Universidade Livre Feminista lança a campanha “Feminismo Com Quem tá chegando”, que se inspira no curso realizado pela própria ULF em 2014. Saiba mais sobre o lançamento da campanha clicando no post.