Acontece nesta terça-feira (23), às 17h pelo facebook do Núcleo de Pesquisa Arquivo de Memória Operária do rio de Janeiro, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (AMOR/UFRJ), debate sobre Mulheres, Trabalho e Pandemia, que faz parte da campanha Mulheres Por Justiça Social e Democracia.

Está terminado o processo eleitoral de 2020. A partir dos resultados, o que podemos avaliar sobre a força do campo político progressista em relação ao campo político conservador? O que muda na vida da gente com esta eleição municipal? Estas são questões que desafiam o movimento feminista e nós queremos refletir sobre elas neste episódio do Faísca.

Depois de muito sonhar com um podcast todo nosso, finalmente estreamos para o público nosso programa de debates, entrevistas, polêmicas e outras saliências. No primeiro programa, Carmen Silva responde: “Como Democratizar a Democracia?”

NÓS que construímos o SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia, no marco do Estado democrático de direito laico, REPUDIAMOS com toda a força de nossas vozes, a decisão da 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que impediu o legítimo direito da organização feminista Católicas pelo Direito de Decidir, de utilizar o nome que lhes dá sentido e identidade desde sua origem, há 27 anos.

A série de diálogos promovida pelo Núcleo de Pesquisa em Participação, Movimentos Sociais e Ação Coletiva (NEPAC/Unicamp) traz nesta sexta-feira, 23 de outubro, às 18h, o debate sobre democracia, participação e movimentos sociais em tempos de pandemia, que terá a educadora do SOS Corpo, Carmen Silva, como convidada.

Para fazer frente a nova ofensiva do governo contra o direito ao aborto, feministas, sociedade civil e movimentos sociais se articularam. Será acionado o Alerta Feminista, mecanismo criado em momentos de graves ataques a direitos reprodutivos. Leia o artigo do SOS Corpo e assine o ALERTA FEMINISTA 2020!

Nos dias 22 e 23 de setembro, acontece o segundo Fontes e Veredas do Programa de Formação 2020 do SOS Corpo, mediado por Silvia Camurça. A atividade terá como temas os desafios para a militância em torno da legalização do aborto e como colocar este debate no centro de nossas lutas é uma questão chave para a defesa da democracia. Inscreva-se!

Artigo da Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político evidencia como o lobby das grandes empresas do agronegócio conseguem se apropriar da política com leis violentas, para seguir o caminho de privatização da democracia.

A publicação é uma coletânea de textos das iniciativas Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político e a Rede de pesquisadores e pesquisadoras Democracia e Participação, que apresentam contribuições importantes para o debate sobre a reforma do sistema político.