Por Andressa Zumpano / CPT Maranhão – Carta Final da TEIA declara repúdio às violências e violações cometidas pelos grandes projetos. “Nós, nossas sementes, nossas florestas, nossas nascentes e rios, nosso fogo, nossas lutas, nossa rebeldia, nossas alegrias e nossa união vão correr cada vez mais fortes por este nosso Chão Sagrado”, afirmam.

A Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira – COIAB, juntamente com suas organizações, principalmente junto com a APOIANP (Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Amapá e Norte do Pará), veem a público manifestar, sua total solidariedade e apoio ao povo indígena Waiãpi, diante dos recentes fatos ocorridos de invasão de garimpeiros em seu território.

Instagram did not return a 200.