Por Andressa Zumpano / CPT Maranhão – Carta Final da TEIA declara repúdio às violências e violações cometidas pelos grandes projetos. “Nós, nossas sementes, nossas florestas, nossas nascentes e rios, nosso fogo, nossas lutas, nossa rebeldia, nossas alegrias e nossa união vão correr cada vez mais fortes por este nosso Chão Sagrado”, afirmam.

Instagram did not return a 200.