Com as presenças confirmadas da presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos da Bahia, Creuza Oliveira, e da pesquisadora do SOS Corpo, Maria Betânia Ávila, o primeiro dia de Diálogos discutirá questões em torno da organização das trabalhadoras domésticas e sobre as dinâmicas que conformam o trabalho doméstico no Brasil

Em todo o país, coletivos, comunidades e iniciativas dos movimentos sociais têm se organizado de forma autônoma para ajudar as populações que cotidianamente estão desassistidas pelo Estado. Para além da solidariedade assistencialista pregada pelo capital, as iniciativas unem informação e ação política para mostrar que o problema da crise é a desigualdade social provocada pelo sistema.

Instagram did not return a 200.