Nós, da Articulação de Mulheres Brasileiras, viemos nos somar às mulheres negras do Brasil, da América Latina e do Caribe para afirmarmos nossa luta feminista antirracista, antipatriarcal e anticapitalista! Confira o manifesto!

A luta de Tereza de Benguela e de tantas outras mulheres negras ao longo dos anos segue em cada uma nós, independe da cor de nossa pele, segue em todos os corpos e rostos de das mulheres negras que hoje lutam em defesa do bem-viver.

Nós, da Articulação de Mulheres Brasileiras, viemos nos somar às mulheres negras do Brasil e da América Latina e do Caribe para afirmarmos nossa luta feminista antirracista, antipatriarcal e anticapitalista. Veja no post a programação da #AMBnoJulhodasPretas!

Das rainhas que lutaram pela libertação do povo negro da condição de trabalho escravo até os dias de hoje, o legado das mulheres negras no país inspira a luta contra o racismo, contra o sexismo, por justiça social e pela superação das desigualdades produzidas por um sistema perverso.

O SOSCorpo – Instituto Feminista para a Democracia, se soma à luta antirracista trazendo uma de suas recentes produções da Série Formação Política: Meditações Sobre Feminismos, Relações Raciais e a Luta Antirracista, da pesquisadora e educadora Rivane Arantes.