61 pessoas trans foram mortas por ódio no Paraguai desde 1989. Em 2019, pela primeira vez na história, um caso foi levado a julgamento e o assassino foi condenado a 25 anos de prisão.

O Programa Fora da Curva desta sexta-feira (01) analisou o atual cenário político da América Latina em momento de insurgências populares contra os avanços do neoliberalismo e como esse contexto afeta o Brasil. Ouça!

O Observatório de Direitos Humanos da Nicarágua registra atos de violência política após a repressão do governo, que afetou diretamente 119 mulheres entre 8 de junho e 27 de agosto deste ano.

Mulheres de povos indígenas tomaram pacificamente o Ministério do Interior da capital argentina para exigir a efetivação de seus direitos e que suas queixas, demandas e propostas fossem ouvidas.

A oficina de acompanhamento das observações finais do Comitê para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres (CEDAW) no Paraguai, foi realizada em Assunção na primeira semana de outubro.