Nessa terça-feira, 02 de junho, às 19h, vamos estar juntas com as mulheres do @mtstpernambuco para debater uma das questões centrais nesta pandemia: o aumento da violência doméstica contra mulheres e crianças que estão em confinamento. Salva na agenda! A transmissão vai ser pelo Facebook do MTST Pernambuco!

Corrente em que surfou presidente é antiga e tem raízes profundas: autoritarismo, machismo, concentração de terras, escravidão. Mas pandemia impulsionou debates sobre novos projetos — serão capazes de levantar uma nova onda de resistência?

O acesso das mulheres à informação e aos serviços essenciais de saúde e direitos sexuais e reprodutivos segue sendo fundamental para responder à Covid-19. Leia o artigo de Carla Batista.

Personagem do Cirandeiras Podcast publicado no último 13 de maio, Lenira Carvalho foi uma das fundadoras do sindicato das trabalhadoras domésticas do Recife. No episódio, que teve a participação de Maria Betânia Ávila, Lenira conta sua história e aponta o que espera para o futuro.

O SOS Corpo realizou na última quinta-feira (14) a sua primeira transmissão ao vivo durante a quarentena do coronavírus. Confira no vídeo como foi a conversa, que discutiu o aprofundamento de contradições do sistema capitalista e a superexploração das mulheres no século XXI.

O home office, forma de trabalho amplamente falado neste contexto de pandemia do covid-19, esconde algumas desigualdades, entre elas a ampliação da divisão sexual e racial do trabalho. Para discutir essas questões, o SOS Corpo realiza no próximo dia 14 uma transmissão ao vivo, com Maria Betânia Ávila e Fran Ribeiro. Não perca!

2

Ultraliberais querem decidir quem vive ou morre. A maioria — com raça, gênero e classe social segregadas — amarga o medo e a exclusão. É a necropolítica, descrita pelo filósofo Achile Mbembe. Mas a brecha da mudança foi aberta…

2

Mulheres acumulam tarefas pelo cuidado da família e da casa — e ficam mais expostas à violência doméstica. Crise sanitária é ainda pior para negras e pobres. Movimento feminista, em ascensão, pode cumprir papel importante.

5

O SOS Corpo Instituto Feminista para a Democracia convida à participação em processo de seleção de integrante para sua equipe permanente de trabalhadoras, com atuação político-profissional nas várias práticas de trabalho do SOS Corpo.