Com o tema “as lutas e resistências dos movimentos sociais no nordeste na disputa e construção pela democracia que queremos”, o Seminário prevê a participação de 150 pessoas de organizações populares e movimentos sociais dos 9 estados do Nordeste.

Nesta sexta-feira (22) foram assassinados a Coordenadora do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) Dilma Ferreira Silva, seu esposo Claudionor Costa da Silva e de um amigo do casal, Hilton Lopes. Dilma foi atingida pela barragem de Tucuruí no Pará, vivia e militava no assentamento Salvador Allende, na zona rural de Baião/PA. Este crime bárbaro é mais uma violência sofrida pelo movimento.