Economistas e sociólogas feministas debatem o impacto da pandemia no trabalho das mulheres

Organizado pelo Arquivo da Memória Operária do Rio de Janeiro, Núcleo de Pesquisa pertencente à Universidade Federal do Rio de Janeiro (AMOR/UFRJ), debate com transmissão online pela página do Núcleo no Facebook recebeu economistas e sociólogas atuantes do movimento feminista brasileiro que discutiram o contexto do trabalho das mulheres diante da maior crise sanitária dos nossos tempos.

Maria Betânia Ávila (SOSCorpo), Márcia Leite (UNICAMP), Cristiane Soares (IBGE), se reuniram com as professoras Hildete Melo e Maria Cristina Rodrigues (UFRJ) para refletir sobre os elementos em torno da pandemia que revelam como as mulheres estão no centro da pauperização do trabalho no contexto da atual crise. Com parâmetros que regridem a situação das mulheres a números semelhantes vistos no mercado de trabalho na década de 1990, a pandemia coloca novamente as mulheres como a grande maioria das pessoas que se encontram desempregadas.

Estamos no centro da crise, mas também estamos no centro das respostas e soluções para atravessarmos ela. Assista ao debate completo clicando no link abaixo:

https://www.facebook.com/watch/live/?v=1469652523365692&ref=watch_permalink

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Recado pela vida das mulheres: vozes contra o PL 5435!

ter abr 6 , 2021
Seguimos na Luta contra o PL 5435!! Divulgamos a crítica do Comitê Latino-Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher – Cladem, Seção Brasil. #GravidezForçadaÉTortura #ArquivaPL5435