Livro sobre Feminismo como Movimento Social será lançado no próximo dia 17

Publicação do SOS Corpo reúne artigos de autoras de diferentes organizações, coletivos e redes do movimento feminista, que apontam os desafios na luta por transformação da realidade das mulheres.

Vai ser lançado no próximo dia 17 de dezembro o livro Para Onde Vamos? Feminismo como Movimento Social, publicação que recebe o selo das Edições SOS Corpo e que reúne 13 autoras de diferentes campos de atuação dos movimentos de mulheres e do movimento feminista. O lançamento está marcado para acontecer às 19h do dia 17, na quinta-feira da semana que vem, e será transmitido ao vivo pelos canais do SOS Corpo no Youtube, Facebook e com retransmissão em páginas de organizações parceiras. 

A publicação é uma síntese resultante dos dois dias do curso Caleidoscópio, realizado entre os dias 23 e 24 de agosto de 2019 e que contou com a participação de 50 mulheres pertencentes a organizações, coletivos, redes e movimentos de mulheres e do movimento feminista da cidade, da periferia, do campo, mulheres negras, rurais, da juventude, lésbicas e que atuam em diferentes espaços políticos, sociais e na internet. 

A publicação que será lançada em sua versão impressa e digital traz discussões abordadas nos debates que surgiram durante o curso a partir de aportes trazidos por militantes, pesquisadoras, intelectuais orgânicas e teóricas, que apresentaram os desafios de organização, articulação e atuação de movimentos do feminismo em suas ações e quais os desafios para o fortalecimento do movimento feminista como movimento social. 

O Caleidoscópio é um dos cursos que integra o Programa de Formação do SOS Corpo. Assim como um instrumento óptico, o Caleidoscópio tem sua metodologia pensada para trazer um intercâmbio de saberes sobre determinado tema, produzindo diferentes olhares sobre um mesmo assunto. Em 2019, na edição que origina a publicação lançada, o tema do curso foi o Feminismo como Movimento Social. 

A publicação estará disponível em nosso site a partir do dia 17/12, para ser baixada gratuitamente. Não perca o lançamento! 

Nos acompanhem nas redes!

YouTube: https://bit.ly/37OaCer 

Facebook: https://bit.ly/3mXvNkt 

Instagram: https://bit.ly/3qF8oXf 

Twitter: https://bit.ly/3n6801G

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

10 de dezembro: Pelo direito e ter direitos"

qui dez 10 , 2020
Num contexto de retrocessos sociais, a disputa de narrativas sobre o sentido e efetivação dos direitos humanos é gigante. Temos uma análise lúcida sobre a dificuldade de garantia e implementação desses direitos desde os governos de esquerda. Hoje, sob governos de ultra-direita, os ataques aos direitos humanos são a marca registrada da gestão Bolsonaro-Mourão e se caracterizam pela promoção do ódio racista e misógino. Para este governo, os corpos que se diferem do padrão são dignos de serem estuprados, violados, assassinados, exterminados. Não há pudor em dizer que bandidos devem ser eliminados e que direitos humanos são apenas para "humanos direitos". Leia a análise completa.