Feminista francesa vem ao Recife para conferência

Por Ludimilla Carvalho

 

A socióloga e feminista francesa Danièle Kergoat, diretora emérita de pesquisa do Centro de Pesquisas Sociológicas e Políticas (CRESPPA/CNRS), da Universidade Paris 8, fará uma conferência no Recife, no próximo dia 21 (quinta-feira), como parte de uma agenda de debates que cumprirá no Brasil, durante o mês de agosto.

No Recife, o tema de conferência de Kergoat é “O trabalho e suas divisões: mudanças e permanências”, e será realizada no auditório do Sindsep, a partir das 15h, com tradução simultânea e entrada franca.

O evento é uma iniciativa do SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia, em parceria com Fundação Joaquim Nabuco, UFRPE, UFPE, Secretaria da Mulher da CUT e Sindicato dos Bancários.

Sobre a pesquisadora

Danièle Kergoat trabalha o conceito de divisão sexual do trabalho, que se refere à separação entre homens e mulheres no mundo do trabalho. Essa divisão pode ser enxergada, por exemplo, no senso comum de que existem “profissões masculinas” e “profissões femininas”. Em decorrência disso, os “trabalhos de homem” são socialmente mais valorizados que os “trabalhos de mulher”.

O termo também é importante para o reconhecimento do trabalho doméstico como atividade – paralela ao trabalho profissional – que é realizada majoritariamente pelas mulheres, uma demanda fundamental do movimento feminista.

As pesquisas de Kergoat estão vinculadas ao chamado “feminismo materialista francês”, uma corrente teórica que estuda a divisão do trabalho, as relações sociais de sexo, e sobre como o trabalho tem um lugar central na constituição de mulheres e homens.

**O SOS Corpo poderá fornecer informações/dados sobre as dificuldades enfrentadas pelas mulheres no mundo do trabalho, aos jornalistas interessados.

 

Serviço:

Conferência “O trabalho e suas divisões: mudanças e permanências” (aberta ao público)
Data: 21 de agosto de 2014, às 15h
Local: Sindsep – Sindicato dos Servidores Públicos Federais de PE) – Rua João Fernandes Vieira, 67, Boa Vista
Instituições parceiras do SOS Corpo: Fundação Joaquim Nabuco, UFRPE (Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher do Departamento de Ciências Domésticas), UFPE (Programa de Pós-graduação em Sociologia-PPGS e Núcleo de Estudos em Gênero, Trabalho e Saúde do Departamento de Psicologia-NUT), Secretaria da Mulher da CUT e Sindicato dos Bancários.