Movimentos sociais tem audiência pública virtual com MPPE nesta terça (19)

Movimentos sociais e organizações de luta que atuam em Recife e no estado de Pernambuco conseguiram, após pressão por meio da publicação de notas e cartas públicas, a realização, junto ao Ministério Público de Pernambuco, de audiência pública virtual para tratar do agravamento das condições de vida de populações vulneráveis nesse contexto de pandemia do coronavírus. A audiência acontece nessa terça-feira (19), às 15h e será transmitida ao vivo no canal do MPPE no youtube.

CLIQUE PARA ASSISTIR A AUDIÊNCIA: https://www.youtube.com/watch?v=fIpC6UQLSBQ

O Fórum de Mulheres de Pernambuco, a Rede de Mulheres Negras de Pernambuco, a Articulação Recife de Luta, Gestos, GTP+ e outras organizações populares do campo democrático pressionaram os órgãos públicos exigindo atenção especial para pessoas e comunidades que vivem sistematicamente no dia a dia, em condições precárias de sobrevivência. Mulheres, pessoas negras, comunidades periféricas, pessoas em situação de rua, comunidades tradicionais pesqueiras, quilombolas e indígenas e aquelas e aqueles que vivem com HIV/AIDS, são alguns dos segmentos sociais ameaçados com o alargamento das desigualdades sociais e econômicas como uns dos efeitos imediatos da crise sanitária.

Leia a CARTA PÚBLICA do Fórum de Mulheres de Pernambuco, que denuncia a grave situação de violência, falta de assistência básica e empobrecimento das mulheres no contexto da pandemia.

Para fazer pressão, os movimentos sociais tem convocado sua militância para participar da audiência pública, que acontecerá em um aplicativo de reunião, mas será transmitida ao vivo pelo canal do MPPE no Youtube, a partir das 15h. A ideia é pressionar os órgãos e entidades públicas presentes através do comentários no chat da transmissão.

Estamos em isolamento, mas nossas vozes ecoam! É PELA VIDA DAS MULHERES!