Marcha das Margaridas 2019 é lançada em Pernambuco

A convite da organização da Marcha das Margaridas, a educadora do SOS Corpo e ativista do Fórum de Mulheres e Pernambuco e Articulação de Mulheres Brasileiras  participou do lançamento da sexta edição da Marcha

Pela sexta vez, as Margaridas de todos os cantos e recantos do país, movidas numa ação solidária e convergente por democracia, justiça, autonomia,igualdade e liberdade, vão à Brasília, demarcar como fato político a luta das trabalhadoras rurais organizadas. Em uma solenidade emocionante realizada na manhã desta sexta-feira (23), o lançamento em Pernambuco da Marcha das Margaridas 2019 reuniu representantes de diversas entidades dos movimentos sociais. A atividade aconteceu na Fetape, em Carpina, e teve falas políticas e mística com apresentação das mulheres rurais de Pernambuco, além dos movimentos apoiadores da causa

A Marcha das Margaridas é uma ação coletiva protagonizada pelas mulheres do campo, da floresta e das águas que integra uma agenda permanente de lutas dos movimentos sindical, feministas e de mulheres. Seu nome faz referência à Margarida Alves, Presidenta do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Alagoa Grande – PB, assassinada em 1983 pelas mãos do latifúndio.

As trabalhadoras se preparam durante mais de um ano, realizando atividades diversas que, com grande criatividade, combinam a mobilização de recursos financeiros e a mobilização política, envolvendo atividades formativas, debates e a construção descentralizada da plataforma e pautas de reivindicação. Ao longo deste ano foram realizadas sete caravanas estaduais, importantes espaços de mobilização, debate e aprofundamento das discussões sobre o caráter, objetivos, lema, eixos políticos e estratégia de ação locais e nacional.

O lançamento da Marcha das Margaridas 2019 realizado em Carpina contou com a presença de Silvia Camurça e Aline Fagundes, ambas do Fórum de Mulheres de Pernambuco. Camurça representou também o Instituto Feminista para a Democracia SOS Corpo e a Articulação de Mulheres Brasileiras. Confira a fala da companheira durante o evento, ressaltando a importância da organização das trabalhadoras rurais e da força que o movimento expressa dentro do feminismo brasileiro hoje.

“A gente entende que a Marcha constrói e ao mesmo tempo expressa a organização das mulheres no país e aqui no Estado. Constrói e ao mesmo expressa a nossa capacidade de organização. E a gente acha que mais do que nunca precisaremos construir uma potente marcha pra seguir articulando nossa resistência para continuar existindo como força política e para construir novas condições para nossa existência para transformar essa sociedade”

Silvia Camurça, Lançamento da Marcha das Margaridas 2019