Elisa Pankararu, da Articulação do Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e do Espírito Santo – APOINME, esteve presente no curso Caleidoscópio e teceu reflexões sobre a experiência indígena no enfrentamento ao racismo.

1

Amanda Timóteo, poeta e representante do Slam das Minas PE, trouxe para o debate do curso Caleidoscópio a experiência revolucionária de organização das mulheres negras em torno da literatura, em um processo de tomada e disputa das narrativas através da poesia.

Mônica Oliveira, militante feminista da Rede de Mulheres Negras de Pernambuco e assessora parlamentar da mandata Coletiva Juntas traz contribuições fundamentais para pensarmos a luta antirracista frente a um cenário de avanço da política fascista e neoliberal no Brasil e no mundo.