Violência contra as Mulheres em Pernambuco: alguns dados neste 25/11/15

O SOS CORPO divulga alguns dados sobre a situação da violência contra as mulheres em Pernambuco, com foco em três indicadores que desvelam parte desta realidade:

– dados de internação registrados no Sistema de Informações Hospitalares (SIH/SUS);

– os dados de óbitos do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM);

– e as notificações de violência registradas no Sistema Nacional de Agravos e Notificações (SINAN).

Os dados são parte de um estudo mais abrangente, ainda em andamento, e sua divulgação se faz como subsídio ao debate público que o movimento feminista no estado promove por ocasião do 25 de novembro, Dia Internacional de Luta pelo Fim da Violência contra as Mulheres – data política de mobilização instituída no I Encontro Feminista da América Latina e do Caribe realizado em Bogotá, no ano de 1981.

Destacamos a série histórica dos dados apresentados, que inicia-se em 2003, portanto antes da conquista da legislação em vigor, até o ano 2015 e a segmentação de alguns destes dados por mesorregiões do estado (Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste, Sertão Pernambucano e Vale São Francisco), permitindo leituras comparativas entre regiões e também identificar a evolução ao longo dos anos.

Baixe aqui: Violência contra as mulheres_Diagnóstico PE e Regiões

Dada a gravidade da situação na mesorregião da Zona Mata, sugerimos a leitura do estudo complementar [Violência contra as mulheres na Zona da Mata], também realizado pelo SOS Corpo, específico para esta região.

Leia também:

  • Memória: em 2009, o SOS Corpo lançava o vídeo ‘democracia no mundo e em nossas vidas’:

Onde há desigualdade e violência não há democracia

Fim da violência contra as mulheres na rua e em casa!

Queremos viver com autonomia e liberdade

Democracia no mundo e em nossas vidas

Pelo fim da violência contra as mulheres