• Home »
  • agenda »
  • Urbanismo Feminista: contribuições decoloniais e antisistêmicas

Urbanismo Feminista: contribuições decoloniais e antisistêmicas

Qual é o direito das mulheres à cidade? Quais são as contribuições dos feminismos para o planejamento urbano? Quais experiências territoriais de resistência as organizações sociais e de mulheres desenvolvem na região? Esses e outros temas relacionados ao habitat em termos de gênero são os gatilhos do II Seminário Workshop Mulheres e Cidade: (in) justiça territorial, que começa hoje em Córdoba, Argentina e terá participação da educadora do SOS Corpo Mércia Alves.

Uma nova edição do seminário-oficina Mulheres e Cidade, que aconteceu no ano passado, começa hoje, 3 de maio, com centenas de membros de organizações de mulheres de diferentes cidades da Argentina, ativistas feministas, instituições acadêmicas, entre outros, que se reunem para discutir mulheres, os territórios e o direito à cidade.

Nesta nova edição, haverá painéis com convidados como a doutoura em serviço social e educadora do SOS Corpo, Mércia Alves do Brasil, convidada para falar sobre Urbanismos Feministas A ideia é discutir reflexões teóricas feministas com as experiências de construção e resistência cotidiana das organizações de base territorial.

Confira a programação geral aqui.


O encontro é organizado pela CISCSA (Centro de Intercâmbio e Serviços do Cone Sul Argentina), no âmbito do projeto Fortalecimento do Feminista Marcosur (AFM), implementado por cinco outras organizações na região. Além disso, a área Feminismos Género e Sexualidades (FemGes) da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Nacional de Córdoba co-organização da reunião.

 
📣 Você pode escutar os painéis através da página da Red Nosotras en el Mundo que vai transmitir o audio do Seminário ao vivo na web. www.rednosotrasenelmundo.org