Cadernos de Gênero e Diversidade homenageia Marielle Franco e sua companheira

Acesse a revista aqui: https://portalseer.ufba.br/index.php/cadgendiv/issue/view/1604

Há três anos, a revista Cadernos de Gênero e Diversidade, iniciativa do Grupo de Estudos Feministas em Política e Educação da UFBA, vem publicando artigos, dossiês, entrevistas, diários de campo e resenhas no campo dos estudos de gênero e sexualidades dissidentes, da mobilidade humana e da nova configuração do poder capitalista, de estudos étnico-raciais e sobre as diversas produções de conhecimentos oriundas de grupos socialmente minoritários e historicamente marginalizados. Nesse contexto, a revista tem contribuído para ampliar o debate acadêmico e apresentado novas referências teóricas e empíricas como marco teórico para pensar e analisar os novos desafios e substanciar as novas formas de resistências.

Esse número, que traz a resistência lésbica como tema central, conta com uma grande homenagem:  Mônica Benício, viúva de Marielle Franco cedeu, carinhosamente, uma foto do casal, para ser a capa da revista. Uma foto que representa, muito mais do que um momento de carinho entre duas pessoas apaixonadas, o amor como símbolo transformador e potente, a expressão viva do corpo como representação política e de luta.

Esse número contém um  dossiê sobre “Pensamentos e resistências lésbicas feministas, dialogando com teóricas clássicas, contemporâneas e movimentos lésbicos”, editado por Ana Carla da Silva Lemos e Nathalia Christina Cordeiro, e que reúne textos de acadêmicas e militantes lésbicas, preocupadas em destacar e valorizar as contribuições intelectuais, epistemológicas e políticas de mulheres que enfrentaram e enfrentam a heterossexualidade obrigatória. Um dossiê de uma revista acadêmica integralmente dedicado a autoras lésbicas, enquanto produtoras de pensamento e de propostas teóricas anti-hegemônicas, é um gesto epistemologicamente e politicamente desafiador, especialmente no contexto atual, em que o autoritarismo se expande e, com ele, a ideologia antigênero.

Além do dossiê, encontram-se, neste número, o texto de Aleone Rodrigues Higidio e Karina Gomes Barbosa, sobre identidades sexuais e de gênero dissidentes no contexto periférico da cidade minera de Mariana; o texto de Dulcilia Schroeder Buttoni e Martha Lopes, sobre o portal de jornalismo ativista “Revista AzMina”, a partir da campanha realizada em 2016, #CarnavalsemAssédio; e o texto de Jessica Santana Bruno e Claúdio Orlando Costa do Nascimento, que discute a inserção, pelo efeito das políticas de ações afirmativas, de grupos socialmente marginalizados (negros/as, indígenas, alunos/as que provém de bairros de periferia ou de contextos interioranos) em uma estrutura de universidade que reproduz formas de colonialismo epistemológico. Neste número, também, estão presentes duas resenhas de livros que discutem formas dissidentes de sexualidades e feminismos na América Latina.

A equipe se preocupa em contribuir para a promoção de uma cultura política democrática e promover a implementação de um campo teórico-epistemológico aberto e inclusivo. Acreditamos, desta forma, que, para isso, é necessário pluralizar os pontos de vista, multiplicar os olhares e lugares de fala, dando, assim, visibilidades para novos/as sujeitos/as produtores/as de conhecimento.

#MariellePresente – Nossas vidas importam!

*Texto original por Caterina Rea, Felipe Bruno Martins Fernandes e Mariângela Moreira Nascimento publicado na página do facebook da Cadernos de Gênero e Diversidade – revista do Gira: Grupo de Estudos Feministas em Política e Educação da UFBA.

 

Abaixo você confere o sumário da revista com os links para cada artigo, dossiê e resenha.

Apresentação
Caterina Rea, Felipe Bruno Martins Fernandes, Mariângela Moreira Nascimento
5-6

Artigos

Aleone Rodrigues Higidio, Karina Gomes Barbosa
7-20
Dulcilia Schroeder Buitoni, Martha Lopes
21-40
Jessica Santana Bruno, Cláudio Orlando Costa do Nascimento
41-56

Dossiê

Ana Carla da Silva Lemos, Nathalia Christina Cordeiro
57-65
Fátima Lima
66-82
Miriam Pillar Grossi
83-90
Zuleide Paiva da Silva
91-116
Caterina Alessandra Rea
117-133
Simone Brandão Souza
134-143
Jaqueline Gil Brito
144-158
Sebastiana Silva
159-166

Resenhas

Valentina Paz Bascur Molina
167-172
Ariana Mara da Silva
173-177