Solidariedade feminista com a luta na Nicarágua

Os movimentos feministas da América Latina e Caribe exigiram, na última semana, uma parada imediata a criminalização que vem ocorrendo na Nicarágua. As redes e organizações feministas signatárias denunciaram e repudiaram os ataques permanentes do governo nicaraguense contra feministas e defensores dos direitos humanos no país.

A perseguição tem aumentado junto com a intensificação da crise política da Nicarágua, que já dura meses, aprofundando os níveis de violência e colapso social. Houveram ataques contra ativistas, prisões arbitrárias, expulsões do país, como também o congelamento das contas bancárias das organizações não-governamentais, retirada do seu status legal e invasão por parte da polícia local da sede de sete ONG’s.   

Abaixo segue na íntegra as notas de solidariedade feminista e o apoio a situação das ONG’s da Nicarágua: