Quilombo Conceição das Crioulas: Mulheres Negras na linha de frente

Mulheres na frente da trincheira. Essa é a perspectiva da formação do território e da comunidade quilombola Conceição das Crioulas, localizada em Salgueiro, no sertão de Pernambuco, a 550 quilômetros de Recife. De acordo com Roseane Mendes, mulher negra, lutadora popular e representante da comunidade, dentre as várias lutas lideradas pelas mulheres, a questão territorial, a educação e a saúde foram frentes de atuação que geraram conquistas importantes para o fortalecimento do Quilombo.

“Segundo a história oral, as fundadoras da comunidade foram seis negras fugidas de fazendeiros e que chegaram ali e se instalaram na comunidade na companhia de um único homem. […] não desmerecendo a luta dos homens, eles têm sido companheiros, mas a mulher tem sido central em todas as ações e é quem tem estado na linha de frente de todas as ações dentro da comunidade”, conta.

Roseane foi uma das convidadas do curso Caleidoscópio – Corpos Livres, Estado Laico, organizado pelo SOSCorpo neste mês de julho. Na Roda de Diálogo com o tema Enfrentando a criminalização, a militarização e os bloqueios às lutas coletivas nos territórios, Roseane Mendes  trouxe o relato da importância das mulheres negras para o surgimento do Quilombo, bem como um dos principais desafios enfrentados por elas na atualidade: a violência, em especial a violência doméstica. 

Roseane Mendes no Caleidoscópio 2019.