• Home »
  • conjuntura »
  • Nota do FOPPIR denuncia a inoperância do governo federal em conter vazamento de óleo no litoral do Nordeste

Nota do FOPPIR denuncia a inoperância do governo federal em conter vazamento de óleo no litoral do Nordeste

Foi emitida nesta segunda-feira (28), pelo Fórum Permanente Pela Igualdade Racial – FOPPIR, uma nota pública da organização denunciando o caráter racista, fascista e xenófobo do governo federal e da política de inoperância que até o momento não deu respostas efetivas ou realizou ações para conter o vazamento de óleo nas praias do nordeste que já passa de 60 dias, mais um crime ambiental que marca a gestão de Bolsonaro como chefe do estado brasileiro.

Leia a nota na íntegra no site do FOPPIR: Vazamento de óleo no Nordeste é Racismo, Fascismo e Xenofobia!

Segundo o posicionamento do FOPPIR, por ter sido o Nordeste a região que se colocou fortemente em oposição à política de Bolsonaro, a falta de celeridade da gestão em resolver o vazamento reforça não só seu alinhamento fascista e xenofóbico, como aponta ainda o racismo ambiental e estrutural presente na sua política de governo.

“Como é possível observar nas imagens, amplamente difundidas pelas redes de televisão e sociais, os mutirões de limpeza organizados por voluntários são, em sua maioria, compostos por negros e negras.”

Ainda de acordo com a nota, além da falta de assistência, o governo não garante estrutura básica para o trabalho de limpeza, o que coloca em risco a saúde e a vida dos milhares de voluntários, em sua grande maioria, pescadores, marisqueiras e suas famílias, que tem o mar como fonte de renda.