Marcha das Vadias no Recife (30.05.15)

MVadias300515_1sergiobernardoJCimagem

A quinta edição da Marcha das Vadias teve momentos de tensão no Recife. A manifestação, realizada em algumas cidades brasileiras, reuniu cerca de 1 mil pessoas na capital pernambucana. Os manifestantes se concentraram na Praça do Derby e seguiram em direção à avenida Conde da Boa Vista, onde houve tumulto. Segundo Wedja Martins, uma das organizadoras do evento, um grupo com cerca de dez homens agrediu participantes com pedaços de pau.

Apesar da tensão, a marcha seguiu o percurso. Igualdade de direitos entre os sexos e luta contra o machismo são algumas das bandeiras levantadas pela Marcha das Vadias. Violência contra a mulher, respeito às transexuais e legalização do aborto foram alguns dos temas ressaltados nesta edição.

MVadias300515_2sergiobernardoJCimagem

Origem – O Movimento Slutwalk surgiu no Canadá, no início de 2011, e ganhou o mundo levantando a bandeira contra a culpabilização da mulher em casos de agressão sexual.  Texto: DP   /  fotos: SergioBernardo/JCimagem

Em comunicado divulgado em rede social (em 31.05.15) o Coletivo da Marcha das Vadias – Recife repudiou as agressões ocorridas durante a mobilização:

comunicadoMVadias310515