Exibição de documentário e conversa sobre luta das mulheres na região Amazônica

Num momento em que a biodiversidade brasileira está sendo rifada pelo presidente Jair Bolsonaro para países estrangeiros em conferências como a que aconteceu hoje, 2 de abril, em Israel, o SOS Corpo, o Cfemea e a Universidade Livre Feminista convidam todas e todos para atualizarmos nosso debate sobre feminismo e desenvolvimento.

Nesta quinta, dia 11 de abril, a partir das 19h, faremos no Recife o lançamento do documentário “Encantadas – Mulheres e suas lutas na Amazônia”. Dirigido por Taís Lobo (Geodésica) e produzido por Milena Argenta (Cfema), o filme retrata a resistência das mulheres defensoras de direitos humanos em diversos territórios da Amazônia. Indígenas, quilombolas, ribeirinhas, pescadoras, agricultoras, as mulheres amazônicas lutam pelo reconhecimento de suas terras, pela preservação das águas, pelo direito de viver bem, em harmonia com a natureza, e por respeito às suas culturas e seus modos de vida. Mobilizadas e mobilizadoras de suas comunidades, as mulheres amazônicas resistem à pressão dos megaprojetos e latifúndios sobre seus territórios, à destruição da floresta e à mercantilização da Amazônia, que geram consequências desastrosas para as suas vidas e as suas comunidades. Reagem e rejeitam o lugar de submissão que lhes é imposto e reafirmam autonomia sobre seus corpos e seus territórios, enfrentando ameaças e as mais variadas formas de violência.

Exibição do documentário
Encantadas – Mulheres e suas lutas na Amazônica
Quando? Sexta, 11 de abril, a partir das 19h
Onde? SOS Corpo | Rua Real da Torre, 593, Madalena, Recife

Trailer do Documentário Encantadas.