#Cunhanacadeia: hashtag lidera Twitter em todo o mundo [Congresso em foco]

Manifestações de #cunhanacadeia assume a dianteira das publicações do Twitter, com 32 mil publicações. Evento no Facebook também está bombando: cerca de 65 mil usuários prometem panelaço durante pronunciamento de Cunha na noite de hoje.

EDUARDO CUNHA fotoJBatista-Camara dos Deputados

IMAGEM: JBatista/Câmara dos Deputados

POR GABRIELA SALCEDO | 17/07/2015 19:20 | Congresso em foco

Além de dominar as pautas da grande imprensa desta sexta-feira (17), o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) também é o principal assunto do Twitter.  Após ser mencionando em delação premiada de Julio Camargo, que o acusou de pedir propina de 5 milhões de dólares, Cunha provocou uma onda de manifestações no microblog: o principal assunto abordado na rede social no momento é #cunhanacadeia.

Os usuários, sob diversas alegações, pedem a prisão do presidente da Casa. O deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ) é o que possui a publicação mais retuitada e curtida. Ele pede por ‘Cunha na cadeia’ ao afirmar que o peemedebista “tem dezenas de processos de corrupção” e “investe em pauta homofóbica para criar cortina de fumaça”.

Há também aqueles que se aproveitaram da situação delicada do presidente da Casa, sob investigação no Supremo Tribunal Federal em decorrência da Operação Lava Jato, para fazer piadas. “Sabe o que cai bem agora? Isso mesmo, #cunhanacadeia”, tuitou a usuária Rosana Hermann.

A página Juntos!, movimento da juventude do Psol, publicou: “Machista, LGBTfóbico, golpista, senhor das propinas, Mr. Burns do Congresso, inimigo da juventude: esse é o #CunhaNaCadeia #CalaBocaCunha”.

A hashtag é utilizada no microblog para agregar e contabilizar assuntos. Até agora, o tema já foi citado mais de 32 mil vezes e assumiu a dianteira das publicações mundiais da rede.

Enquanto isso, no Facebook…

Se na esfera legislativa Cunha provoca rebuliços, com as pedaladas em plenário e o rompimento com o governo, na esfera virtual, o presidente da Câmara pouco será ouvido. Pelo menos é o que promete evento agendado para a noite desta sexta-feira (17).  Mais de 65 mil usuários do Facebook prometeram fazer muito barulho durante pronunciamento de Cunha em cadeia nacional de rádio e TV.

Publicação original: Íntegra da postagem no site Congresso em foco