Casa da Mulher do Nordeste recebe certificado internacional por combate à desertificação

A Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação (UNCCD) em parceria com o Ministério do Meio Ambiente(MMA)/Departamento de Combate a Desertificação/Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável, premia na próxima quarta-feira (17) iniciativas de pessoas, organizações e empresas que contribuem para o manejo sustentável da terra, e, que melhorem as condições de vida das populações e as condições dos ecossistemas afetados pela desertificação e seca. A Casa da Mulher do Nordeste é uma das certificadas do Dryland Champions em reconhecimento a sua contribuição prática para o desenvolvimento sustentável e o combate à desertificação.

A Casa da Mulher do Nordeste foi reconhecida por suas ações no Projeto Mulheres na Caatinga, que conta com o patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, mobilizando 210 mulheres agricultoras que vivem no Território do Pajeú para intervirem na recuperação de áreas degradadas da vegetação da Caatinga. Em dois anos foram realizadas várias ações no território, como: a plantação de mais de 46 mil plantas nativas, a ampliação de dois viveiros de mudas na região, a construção de 210 fogões agroecológicos, a realização de oficinas e seminários para formação em educação ambiental e feminista, e a divulgação e multiplicação das experiências das mulheres no programa de rádio Fala Mulher.

casamulherne

Jacylene Menezes da Silva, 45 anos, agricultora e integrante do Mulheres na Caatinga, da comunidade de Lagoa do Almeida, Santa Cruz da Baixa Verde – Sertão do Pajeú.

 

 

 

“Para a CMN, receber esse prêmio significa um reconhecimento do nosso trabalho desenvolvido nos últimos dois anos através do Projeto Mulheres na Caatinga. Dedicamos esse prêmio às mulheres agricultoras do Sertão do Pajeú que são as maiores merecedoras e parceiras neste projeto de vida, juntas na preservação e reflorestamento do bioma caatinga”, disse Celia Souza, coordenadora do Programa Mulher e Vida Rural da CMN.

A entrega do certificado ocorre durante o evento de comemoração ao Dia Mundial de Combate à Desertificação, em 17 de junho, promovido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), em Caicó, no Rio Grande do Norte. A assessora de comunicação da Casa da Mulher do Nordeste, Emanuela Castro, irá receber o certificado junto com outras 30 entidades da sociedade civil.

O Programa Dryland Champions visa reconhecer ações, iniciativas e projetos que facilitam, promovem e/ou implementam práticas de manejo sustentável de terras e políticas a nível local/nacional. O programa é aberto a todos, incluindo grupos de jovens e escolas, indivíduos, agricultores(as), empresas, indústrias, ONGs, associações comunitárias e municípios.

Contato:
Emanuela Castro
Assessoria de Comunicação da Casa da Mulher do Nordeste
(81) 3426.0212 | 981860484